quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Sonhos

Tinha muitos sonhos em vida.
Tinha muitas vidas em sonhos.
Mas a vida prática, essa permeada por movimentos,
Essa ele não vivia.
Vivia a vida dos seus sonhos.
E as vivia somente em sonhos.
Tornar os sonhos concretos é deixar de tê-los.
Queria todos os sonhos sem deixar de tê-los.
Teve todos os sonhos sem jamais realizar algum.
Foi mendigo e Deus em seus sonhos.
Em seus sonhos foi santo e assassino.
Foi tudo em seus sonhos.
Na vida propriamente dita, não foi nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário